quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Sérgio Soares, interessante opção avaiana

O Avaí traz para o seu projeto 2013 um técnico que não é um superstar, mas também não é totalmente desconhecido.

Dentro do patamar técnico-financeiro que o clube se encontra, Sérgio Soares não é um nome ruim.

Pelo menos vem sem rejeição alguma. O que, na pressão que o clube vive, é uma excelente notícia. Ele vai poder trabalhar em paz e, quem sabe, trazer opções novas de atletas para o Campeonato Estadual.

Soares não treina um time desde agosto, quando foi demitido do Cerezo Osaka do Japão. Mas tem um bom conceito no interior paulista. Não figurava nas listas de favoritos. E chega com uma responsabilidade enorme. Em 2010, ele chegou a negociar com o clube, mas acabou não vindo. Me lembro bem de ter recebido no twitter de um dirigente avaiano a afirmação de que "esse nome nunca treinará o Avaí".

Mas como não tem verdade no futebol que dure muito tempo, ele chega, amanhã sela o casamento e todos juntos vão tentar fazer o time funcionar, e de preferência, gastando o menos possível.

Só que treinador novo e sem rejeição não é tudo: a fama de mau pagador do Avaí já foi escancarada pelo próprio clube depois daquela nota mequetrefe pedindo com carinho ao Flamengo que pague o que lhe é devido. Jogador bom só vai vir com garantia que receberá em dia. E isso aí não é tarefa do Sérgio Soares, é dever da diretoria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário