sábado, 13 de outubro de 2012

Vitória de quem já está na Série A e quer o título

Globoesporte.com
Cheio de ânimo, focado e taticamente perfeito, o Criciúma foi a Varginha e não tomou conhecimento do Boa Esporte, time que é chato jogando dentro de casa. Não houve discussão, e com a derrota do Vitória para o Paraná, a liderança trocou de mãos de novo.

A confirmação matemática do acesso é questão de tempo. A Série A já é uma realidade para o Tigre. Agora, a briga é pelo título, que promete ser ponto a ponto com o rubro-negro da Bahia. Dois times que estão um degrau acima dos outros clubes, tamanha a desenvoltura do padrão tático, preparo físico e motivação que ambos mostram em campo.

Agora veja como o Tigre não está fazendo pouco. Faltando muitos jogos para o final do campeonato, o Criciúma já atingiu o número de pontos (61) que o Sport alcançou para conseguir o acesso em 2011. Quer mais? Desde 2006, quando os pontos corridos foram introduzidos na Série B, apenas um time conseguiu marcar mais pontos que o tricolor ao final de 29 rodadas: o Corinthians, que fez 63 em 2008.

Pensando em caneco, a sequencia de jogos é boa: ABC em casa, Paraná em Curitiba, o virtualmente rebaixado Barueri no Majestoso e depois o Guarani, em Campinas. É pra manter o ritmo e garantir o Bi da Série B.

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Sem festa, Bruscão completa 25 anos hoje

Hoje, 12 de outubro, o Brusque FC completa 25 anos. A diretoria não fez absolutamente nada para lembrar o jubileu de prata do clube que é comemorado nesta sexta. Quem é torcedor, e eu me incluo nisso, já que frequentei o Augusto Bauer para acompanhar o clube desde sua fundação e estive presente no jogo que deu o título de 1992, lembra da data e não vai deixar passar em branco.

O Brusque atravessa hoje uma crise sem precedentes. A troca de diretoria no ano passado trouxe uma série de problemas, que vão desde a falta de alguém com competência para montar um time de qualidade até falta de habilidade de fazer um marketing decente. Aconteceu tudo errado: vieram jogadores de qualidade baixíssima, e a imagem do clube foi muito mal trabalhada.

Brusque Campeão catarinense de 1992
Mas mesmo assim a data de hoje tem que ser lembrada e comemorada pelos dirigentes, atletas e torcedores que pelo clube passaram e trouxeram bons resultados. No Vale do Itajaí, a supremacia nos resultados é inconteste: além de ser o único time da região a levantar o título estadual em quase 50 anos (conquistou em 1992, antes dele só o Olímpico em 1964), é o maior vencedor da Copa Santa Catarina (3 títulos: 1992, 2008 e 2010), e o único clube do Vale a disputar a Copa do Brasil duas vezes.

Hoje está na segunda divisão com absoluto merecimento, mas nada o impede de voltar aos bons resultados, com um estádio novo que está pra chegar a a esperança de bons dirigentes que venham a fazer ressurgir o clube.

Parabéns, Bruscão.

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Zé do Gol virou música

E o artilheiro da Série B virou música. O grupo Lokamania criou a musica "Zé do Gol" em homenagem ao ídolo do Tigre. Ficou legal:

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Robert, do Figueirense, na seleção Sub-20

A CBF divulgou ontem a lista de convocados da seleção sub-20 que passará por um período de treinamentos na Granja Comary como preparação para o Sul-americano da categoria, que vai acontecer a partir de 9 de janeiro na Argentina. A delegação ficará concentrada de 15 a 24 de outubro.

E entre os convocados, está o jovem atacante Robert, de 19 anos e 1,90m, do Figueirense. O jogador, que chegou a ser emprestado para o Metropolitano sem ser utilizado na Série D, acabou retornando à capital e agora ganha uma chance na seleção de base do Brasil, treinada por Emerson Ávila.

No meio de tanta notícia ruim, uma boa para o alvinegro.

terça-feira, 9 de outubro de 2012

A Série A se distancia do JEC

Rogério da Silva / Notícias do Dia
As dez rodadas finais do Brasileirão são marcadas pelo sprint final. Aquela troca de marcha, a pisada extra no acelerador que pode fazer a diferença na luta pelo acesso para quem quer brigar.

O Joinville parece ter errado a marcha, cometido uma falha de aceleração que pode custar o sonho da Série A.

Se o cenário já não era bom na sexta, quando o time patinou ao empatar com o Barueri, perdendo a chance de entrar no G4 em casa contra o São Caetano, dessa vez piorou no confronto direto. O time não conseguiu passar pela proposta do Azulão, que queria levar um ponto de volta pra casa e conseguiu, mantendo a distância para o adversário e permanecendo mais uma rodada no grupo de cima.

Emerson Leão não é bobo. Montou um 3-5-2 com dois homens protegendo a linha de zaga que deu certo. Discreto e sem uma novidade, o JEC repetiu a atuação sonolenta de Barueri e não mostrou o algo mais que se espera de um time que tenha a atitude de entrar no G4. Lima, mais uma vez, teve uma atuação discretíssima e com sua fraca atuação, levou junto o time todo.

Foram quatro pontos perdidos nos dois últimos jogos que não vão fazer, já estão fazendo falta. O confronto direto passou, e o time tricolor perde terreno quando deveria injetar mais energia e vibração para mostrar que está lá para brigar pelo acesso. Como diria meu amigo Gabriel Fronzi, o bonde não para. E o JEC está assistindo o bonde passar.




segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Zé Acácio da Rocha virou vereador

O árbitro José Acácio da Rocha, de tantas atuações polêmicas no futebol de Santa Catarina, goza de prestígio em Itajaí, cidade onde vive.

Concorrendo a vereador como "Professor Acácio" pelo PSDB, ele acabou se elegendo vereador com 856 votos, entrando na câmara pelo chamado quociente eleitoral. Foi o edil eleito com o menor número de votos. Para ter uma ideia, não se elegeria em Brusque.

Será que foi a torcida marcilista que o colocou lá? Brincadeira.