segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Catarinense 2013: Juventus


GRÊMIO ESPORTIVO JUVENTUS 
Fundação: 1o. de maio de 1966
Cores: Grená, Preto e Branco
Estádio: João Marcatto (7.000 lugares)
Presidente: Jerri Back Luft
Técnico: Pingo
Ranking "BdR" 2012: 12o. Lugar
Catarinense 2012: Vice-campeão da Divisão Especial



Após três anos, o Moleque Travesso está de volta à primeira divisão, reestruturado. Após o rebaixamento em 2010, o clube passou por sérias dificuldades financeiras, chegando até a cogitar uma desistência. Mas um novo movimento comandado pelo presidente Jerri Back Luft (na foto, de camisa listrada) colocou as coisas no lugar. O resultado foi imediato: logo no primeiro ano, o tricolor de Jaraguá do Sul conquistou o acesso. Fruto de um trabalho pé no chão bem feito, com um bom trabalho de marketing e comunicação. Até loja oficial será inaugurada junto à sede do clube. A população jaraguaense sempre gostou de futebol, e o trabalho agora é fazer o Estádio João Marcatto lotar durante o Estadual. As melhorias estão sendo feitas, inclusive com a participação do presidente que, para economizar na mão de obra, resolveu colocar a mão na massa nas obras de adaptação da casa tricolor. “Quando a gente quer que as coisas aconteçam, temos que dar o exemplo e estar junto”, declarou o eufórico presidente.

No campo, há a continuidade do trabalho, com Luis Roberto Magalhães, o Pingo, de 45 anos, no comando técnico do clube. O ex-jogador de JEC, Botafogo e Grêmio ganha, com muita justiça, uma oportunidade de tocar o clube na volta à primeira divisão. Pingo já teve algumas passagens por Jaraguá, e a aposta na reedição da parceria em 2012 trouxe resultados. Ele aposta na base montada no ano passado para fazer um bom papel nesta temporada: "A equipe está praticamente montada, o que nos deu tranquilidade para a retomada dos trabalhos após as pausas de fim de ano”.


O time já faz os últimos trabalhos, com coletivos e jogos-treino com a base montada para a estreia no Estadual contra o Metropolitano. No elenco estão jogadores com passagens por clubes catarinenses, como o lateral Rodrigo Crasso (ex-Concórdia), o zagueiro Peixoto (ex-Camboriú) e o volante Anderson Pedra (ex-Joinville). Os destaques do time estão no ataque, com dois atacantes bastante experientes. A dupla ofensiva do Juve terá Lourival, o Rambo, ex-Brusque e Marcílio Dias, e Leandrinho, de 29 anos, revelado no Avaí e que estava no Guarani de Palhoça. Tem passagens por Brusque, Chapecoense, Criciúma e Metropolitano.

Todo time que vem da segunda divisão precisa, no primeiro ano em terreno novo, brigar para se manter na elite. O Juventus terá a menor verba da televisão e ainda se encontra em um processo de reconstrução. Talvez o acesso neste ano force uma correção de rota para antecipar os planos. Mas já que o time subiu, terá que encarar a bronca. E vai encarar as dificuldades para se manter na primeira divisão. O fato do time já estar pronto pode ajudar bastante na reta inicial do campeonato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário