domingo, 10 de fevereiro de 2013

O caminho para ser um modelo em estádios seguros

A Associação de Clubes de SC contratou o engenheiro Bernardo Tasso para prestar assessoria a todos os filiados no que diz questão aos laudos de engenharia dos estádios catarinenses. A missão é ajudar a deixar tudo em dia para que os clubes não tenham dor de cabeça com o Ministério Público depois.

Sem dúvida é uma boa notícia. Os clubes, principalmente os menores, terão uma grande ajuda e um custo a menos.

Tal atitude pode ser uma semente para que a situação se normalize em SC, e por que não dizer, seja um modelo nacional. Depois da novela das liberações que vimos neste Estadual, a Associação, que ainda é uma entidade que poderia ter uma atuação muito maior, pode pegar junto na questão dos estádios para que o acompanhamento seja constante e ninguém tenha problemas.

Mas pra isso, são necessárias duas coisas: primeiro, peitar o "jeitinho FCF" e resolver profissionalizar a gestão do campeonato estadual, incluindo aí a comercialização e a criação de novas fontes de renda. E segundo, e o mais importante, ter vontade política de mudar uma cultura de obras em cima da hora e correria pra passar na vistoria. Aí é mais complicado.

Espero não estar sonhando alto demais.


Um comentário:

  1. Agora não entendi não era o Ministério Público que queria aparecer?
    Por que não se falou naquele momento da negligência dosclubes? Os dias passam e as verdades verdades surgem.

    ResponderExcluir