quinta-feira, 28 de março de 2013

Embolou o returno: Figueira na frente, rolo na busca pelo índice

Com a vitória em Camboriú, o Figueirense assume a ponta do returno do Estadual e, mesmo tendo uma tabela complicada pela frente (clássico na Ressacada e o Criciúma em casa), aparece como favorito. Se não levar o returno, estará dentro pela classificação geral.

Mas o campeonato está tão embolado a essa altura, que até o Joinville, lá na sétima colocação geral, tem chance de entrar pelo índice técnico.

Fernando Ribeiro / Criciúma EC
Os jogos de quinta mostraram um Criciúma avassalador, que patrolou o Juventus sem cerimônia, em uma vitória que não apresenta um timão, mas tem um efeito psicológico sensacional. Vadão vai poder ter um pouco mais de tranquilidade para trabalhar e tentar a vitória contra o Guarani, que o colocaria de vez na briga. Ainda que o título não pareça ser uma prioridade lá pras bandas do sul, ninguém é louco de desperdiçar uma disputa quando a porta se abre. O time da Série A pode aparecer neste mês. Se Vadão der jeito, um Tigre vai chegar correndo por fora.

Marco Santiago / Notícias do Dia
E o Avaí teve que suar para vencer o Guarani, time que ficou muito bem arrumado com a chegada de Joceli dos Santos. Marquinhos não jogou bem, mas fez o suficiente para cruzar uma bola para Reis furar a boa defesa do Bugre. Três pontos na conta e dois jogos importantes pela frente. Com 22 pontos no geral e 10 no returno, o Leão estaria dentro das semifinais. Há um jogo importante contra o Joinville onde Marquinhos não jogará, depois de ter declaradamente forçado o terceiro amarelo para poder jogar o clássico do dia 7. O jogo contra o Guarani mostrou que o time avaiano tem uma "Marquinhosdependência", e o jogo da Arena, que poderia servir para o Avaí tirar um time grande da briga, pode colocar mais fogo na já embolada classificação. Em caso de vitória tricolor, este caso será lembrado.

O JEC poderia ter comemorado o empate em Ibirama, não fosse a falha em casa, no empate com o Camboriú. Arturzinho faz as contas: precisa vencer o Avaí para ir a Criciúma com chances, e fazer seis pontos contra Juventus e Guarani. O time do Joinville evoluiu, é fato. Lima voltou a jogar bem e o novo esquema tático começa a encaixar. Tarde demais? Com tantos empates e sem nenhum time engatando uma arrancada, não dá pra prever.

Atlético de Ibirama e Metropolitano vão se enfrentar semana que vem pra decidir a vaga na Série D e uma importante vantagem por uma vaga nas semifinais. Só depende deles, nos confrontos diretos e nos jogos contra os grandes. O Metrô tem uma dificuldade a mais na tabela, e não poderá errar como errou contra o Guarani.

E na briga do rebaixamento, o Guarani se mostra um time mais arrumado. Tem uma final contra o Juventus em Jaraguá, onde precisa vencer e torcer para o Camboriú, que terá apenas mais um jogo em casa, não pontue. O que antes parecia uma situação consolidada, agora é incógnita. O time de Palhoça deu um tiro certeiro na troca de técnico, e deu mais graça na briga com o Cambura contra o descenso. Porque o Juventus, com a tabela que tem e o desmanche que teve, já era.

Nenhum comentário:

Postar um comentário