quarta-feira, 27 de março de 2013

Ex-presidente do Juventus dispara

Henrique Porto / Avante
"Fazer futebol em Jaraguá do Sul para um bando de M....."

"Eu tô F...."



"O que fizeram comigo é o mesmo que pegar um animal no pasto e deixar passar sede por vinte dias. Posso garantir que está sendo cometida a maior injustiça da história de Jaraguá do Sul”.

Essas foram três das declarações do agora ex-presidente do Juventus, Jerri Luft, na entrevista coletiva concedida ontem, em que anunciou a sua renúncia. Em 17 minutos de discurso, deu suas razões, esbravejou com a falta de apoio e se mostrou desiludido com a sua passagem à frente do Juventus.

Assume o cargo Jeferson de Oliveira, vereador do grupo de oposição ao atual prefeito de Jaraguá, Dieter Janssen. Amigos temem que o clube venha a ser instrumento político a partir da mudança de comando. O clube não poderá mais contratar atletas, apenas tentar fazer voltar alguns que deixaram o time e não fecharam com outra equipe. O rebaixamento ainda é iminente.

Se você quiser ouvir a íntegra do discurso de Luft, acesse aqui no site da Rádio Jaraguá. O áudio está no fim da página.

Nenhum comentário:

Postar um comentário