segunda-feira, 25 de março de 2013

Figueira patrola, Avaí sofre e JEC patina, de novo

Os jogos do domingo no Catarinense trouxeram diferentes cenários para os três grandes que buscam seus lugares nas semifinais.

Luiz Henrique / Figueirense FC
Enquanto o Figueirense não teve dificuldade para vencer o Metropolitano, time que começou tão bem no campeonato e apresenta queda de rendimento, o Avaí sofreu para vencer o Juventus em Jaraguá. Um gol salvador de Marrone, no último minuto do jogo, evitou o vexame. Considerando o lamaçal do João Marcatto, o jogo acabou equilibrado por baixo. Melhor para Ricardinho, que conquistou a sua primeira vitória.

E na Arena Joinville, o JEC patinou de novo. Vencia por 1 a 0, deixou o adversário gostar da partida, tomou uma improvável virada com um golaço e uma bola desviada e, quando viu, perdia o jogo e teve que tirar energia lá do fundo para garantir o empate com um gol de pênalti, com um jogador a mais em campo. Lima deixou o dele, Marcelo Costa ficou devendo e Ivan perdeu a cabeça, sendo expulso. Contra um adversário com um homem a menos, vencer era obrigação. Era. Chegou o segundo tempo, com campo pesado, e o fantasminha do preparo físico veio de novo.

Luciano Moraes - ND
Arturzinho falou tudo na coletiva: "vou pedir pros meus jogadores descansarem e se alimentarem bem". Ele sentiu que o time trava na segunda etapa, fruto de algum problema na pré-temporada que dificilmente é consertada com o campeonato em andamento. Preocupa bastante o JEC no Estadual pois o time não aguenta os 90 minutos e erra demais. Mesmo tendo o melhor ataque do campeonato, a desorganização acabou por tirar pontos importantes do tricolor, que terá em Ibirama na quarta-feira mais uma partida decisiva.



Nenhum comentário:

Postar um comentário