quarta-feira, 3 de abril de 2013

Agora é SC na Copa do Brasil

O Criciúma entra em campo hoje em Bauru e abre a participação catarinense em mais uma Copa do Brasil.

Esse ano uma nova Copa, que vai até novembro, com a participação da turma da Copa Libertadores. Ou seja: complicou ainda mais e, por consequência, diminui a possibilidade de zebras. Aqueles times que são montados para só um semestre dificilmente terão fôlego. Além do mais, os grandes virão com suas forças máximas para pegar a vaga na Libertadores.

Todos os times catarinenses devem passar para a segunda fase sem muitos problemas. Na etapa seguinte, o Joinville terá uma enorme dificuldade ao enfrentar o Santos (mas em compensação, deverá ter um público histórico na Arena Joinville. Só não pode ser eliminado no jogo de ida para não ter que dar 60% da renda pro adversário). Os outros terão confrontos complicados, mas possíveis de avançar.

Em competição mata-mata, há de se pensar em um passo de cada vez, ainda mais neste novo regulamento, onde cada confronto irá acontecer em um espaço de um mês ou mais.

É a maior representação do Estado na história da Copa, com quatro times (três pelas vagas Estaduais mais o Criciúma, pelo ranking). Não há uma pressão como um time grande tem. É ver o que vai dar. E pensando no Campeonato Estadual, onde os quatro tem chances, o ideal seria eliminar o jogo de volta. Uma semana de descanso na reta final faria muito bem.


Um comentário: