sexta-feira, 17 de maio de 2013

Eliminação que dói na alma e no bolso

Mafalda Press / Notícias do Dia
Lembra daquele gol perdido por Diego Jardel no final do jogo de ida contra o América em BH? E a chance que Reis desperdiçou?

Pois é, essas chances perdidas custaram, por baixo, uns 800 mil reais.

Era o que o Avaí receberia pela cota da terceira fase da Copa do Brasil, mas a renda de uma casa provavelmente cheia num jogo contra o Inter.

O dinheiro voou. E a chance de uma campanha digna na Copa do Brasil virou papelão na noite gelada de quinta na Ressacada.

Time apático. Sem brilho, sem empolgação. Parece que a classificação seria fácil como pareceu no jogo de ida, já que o América foi presa fácil, a ponto do Avaí não ter eliminado o jogo de volta por incompetência do seu ataque.

É até difícil achar explicação, pois a apatia do time em um jogo como esse encobriu qualquer análise tática ou técnica. O Leão foi tranquilamente abatido em casa. Teve jogador que saiu triste e chutando tudo que tinha pela frente. Mas a responsabilidade é de todos pela falta de comprometimento.

E se foi a Copa do Brasil. Primeiro catarinense eliminado. E o presidente Zunino deve ter ficado louco da vida só de ver quanta grana perdeu.


Nenhum comentário:

Postar um comentário