sábado, 4 de maio de 2013

O diz que diz de Cléber Santana. Quatro declarações em 24 horas.

Quatro declarações de Cléber Santana em menos de 24 horas que repercutiram na imprensa sobre sua possível volta ao Avaí, que se transformou numa novela mexicana pra lá de chata. Ao mesmo tempo que ele admite que está negociando, ele nega a outro repórter. Tente entender:

Eu tenho conversado bastante com o presidente Zunino, ele sabe da minha vontade. Por mim e pelo Avaí, já estaria definido. Mas o Flamengo tem que me liberar, e nisso eu não posso interferir. Sou jogador do clube e respeito o meu contrato. - Ao repórter Tiago Pereira, do Diário Catarinense.

Distorceram um pouco o que eu disse. Eu falo sempre com o presidente do Avaí, é meu amigo, mas não cheguei a negociar nada. O Jorginho me procurou e disse que quer contar comigo. Eu só quero jogar, é como me sinto feliz. - Ao repórter Thiago Bokel, do Lancenet.

A gente tá negociando. Eu falo com o presidente Zunino frequentemente, é alguém de quem eu gosto muito, mas até em razão da dívida com o Flamengo, é uma questão direta entre os clubes, não tem nada certo ainda. - Ao repórter Diego Madruga, do Globoesporte.com

Não existe nenhuma conversa com o Avaí e minha intenção é de cumprir meu contrato com o Flamengo. Fiquei muito satisfeito ao saber que o Jorginho deseja minha permanência no clube e quero ressaltar que não falei com ninguém da imprensa a respeito de uma negociação com Avaí. Só me pronunciarei sobre isso caso algum clube procure o Flamengo. No mais, estou tranquilo e quero apenas focar na preparação para o Campeonato Brasileiro. - Nota oficial divulgada pela assessoria do jogador, sexta a noite.


Nenhum comentário:

Postar um comentário