quarta-feira, 17 de julho de 2013

Desse jeito, o Avaí não briga para subir

Perder pro Sport em Recife não é nada anormal. Time bom, que vinha de duas vitórias fora de casa e que só recebe menos dinheiro da TV que o Palmeiras. Vai brigar pela parte de cima.

O que é inconcebível é saber que o Avaí pouco fez frente ao adversário. Errou demais, esbarrou no individualismo em jogadas-chave no primeiro tempo, o badalado meio-campo não funciona e a defesa falhou muito. No lance do primeiro gol, foram dois erros. Hemerson Maria tentou dar um gás extra colocando Diego Jardel, o que até surtiu certo efeito, mas não resultou em gol.

O time não se acerta e o tempo passa. São seis partidas sem vitória e a zona de rebaixamento pode aparecer no final de semana. Não acho o time tão ruim a ponto de ficar brigando pra escapar da degola. Para merecer o Z4, o futebol tem que ser de nível muito baixo. O que preocupa é a distância que a turma de cima vai abrindo. Hoje, são 7 pontos para o quarto colocado Joinville, que podem aumentar para 10, na pior das hipóteses.

E quanto mais Hemerson Maria demorar para fazer o Avaí arrancar, mais difícil será para sonhar com a volta à Série A. Marquinhos vai voltar o time, ajuda. Mas o Leão vai ter que jogar muito mais tendo, principalmente, regularidade e consistência no seu jogo.

São quase duas semanas até o jogo em Chapecó. Muita coisa para arrumar, para enfrentar logo o líder do campeonato fora de casa. Com esse futebol, e se não tiver uma boa reviravolta, o jejum de vitórias tende a aumentar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário