sexta-feira, 5 de julho de 2013

Eficiência, e mais uma vitória da Chapecoense fora de casa

Gazeta de Alagoas
Não foi um grande jogo em Alagoas, mas no segundo tempo, a Chapecoense conseguiu encaixar duas jogadas do seu repertório e voilá, mais três pontos na conta e a liderança da Série B está mantida.

A Chape não venceu com brilho ou atuações fantásticas. Foi eficiente, simples assim.

Contra um adversário pressionado, com a zona de rebaixamento próxima, era o tipo do jogo cascudo. Enfrentar um time no desespero significa tomar abafa, ainda que de forma desorganizada. Nisso aí a marcação verde deu jeito com relativa tranquilidade. E olha que o time já podia estar vencendo no primeiro tempo, num pênalti não marcado em Diego Felipe.

No segundo tempo, o ASA cansou de tanto bater na porta fechada da defesa da Chapecoense, que foi colocando as manguinhas de fora. E acabou vencendo em duas jogadas muito conhecidas de quem acompanha o Campeonato Catarinense: o primeiro gol de Fabiano, de cabeça após cobrança de escanteio, e o segundo, em bola tocada para Paulinho Dias no corredor. Vitória assegurada.

São três pontos importantes na arrancada da segunda parte do Brasileirão. O time abre oito pontos de vantagem para o quinto colocado, que no máximo cairá para seis ao fim da rodada. Ainda que nada esteja garantido, já é permitido um acidente de percurso nesse caminho rumo à Série A.

Vai ser difícil passar por esse time super-bem ajustado por Gilmar Dal Pozzo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário