terça-feira, 6 de agosto de 2013

Agora o hino de SC também é obrigatório

Você sabe de cor a letra do hino de Santa Catarina? Ou pelo menos já o ouviu alguma vez?

Então, se você frequenta estádios, vai conhecer. Ou ter a oportunidade de aprender.

A Federação Catarinense de Futebol divulgou nota hoje em seu site que a partir de agora fará a execução do hino do Estado junto com o Hino Nacional, em partidas realizadas por aqui. A FCF se baseia numa lei assinada pelo governador Colombo, que trata de eventos como os jogos escolares.

O hino, que pouquíssimas pessoas sabem cantar e tem letra complicada, tem cerca de quatro minutos na sua versão reduzida, o que vai dar um intervalo de sete ou oito minutos entre a entrada dos jogadores em campo e o pontapé inicial. Os preparadores físicos odeiam essa parada, argumentam que pode ser prejudicial ao jogador. E o torcedor, que quer ver bola rolando, vai ter que esperar mais um pouco.

No Paraná e no Rio Grande do Sul, acontece a execução dos respectivos hinos estaduais, que tem uma duração bem menor.

Eu acho que banalizam demais a execução dos hinos, que deve ser ouvido em momentos especiais. Em nenhum outro grande campeonato do mundo, exceto jogos entre seleções, há execução de hino antes de uma partida. Agora tentam colocar na marra uma canção que "não pegou" entre os catarinenses (o então governador Luiz Henrique cogitou até uma mudança de hino).

Enfim, torcedor vai pro estádio pra ver a bola rolando, e não ficar quase dez minutos esperando para começar a ver um jogo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário