quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Brusque: sem pânico, mas muito cuidado

Voltando a escrever sobre o Brusque aqui no Blog. Público local reclamou, e como não tenho acompanhado todos os jogos do time, tive que esperar um pouco pra falar algo do Bruscão.

O Brusque foi derrotado no TJD e acabou perdendo o título do primeiro turno da Divisão Especial. Se foi justo ou não, isso não vem ao caso. Até porque a campanha do time na segundona é tão boa que o time tem uma gordura acumulada para se classificar pelo índice técnico até com certa antecedência. A conta é simples: caso o Bruscão leve o título do returno, terá um ponto de bonificação no quadrangular. Caso o Marcílio leve também essa fase, o time de Rogério Perrô entra nas finais como melhor índice técnico, fazendo o último jogo em casa. Considerando que dois times sobem, não há motivo para pânico tampouco para desespero. Basta lembrar que em 1998, no Campeonato Estadual com regulamento idêntico, o Avaí foi para o quadrangular com dois pontos extras e ficou em último, perdendo inclusive para o Brusque na Ressacada. O que interessa é estar na fase final, e lá o time estará.

Agora, se não há motivo para pânico, é necessário ter cuidado. O time teve uma arrancada espetacular que lhe garantiu uma boa sobra, mas não evoluiu de um mês pra cá e se complicou sozinho, com derrotas para Caçador e Imbituba e um empate sem gols com o Concórdia, em uma partida que o time teve apenas um lance de real perigo e acabou com o atacante Eydison expulso numa irresponsabilidade. O Bruscão ainda é o melhor time da Divisão Especial, mas precisa fazer esse favoritismo se concretizar dentro de campo.

O prazo para contratações se encerra ao final da fase de classificação, e são necessários reforços para evitar acidentes de percurso nos seis jogos que vão decidir o acesso. Até agora o time não encontrou um camisa 10 de qualidade. Serginho atuou improvisado, e Tiago Ferreira não conseguiu mostrar atuações convincentes. Lá no ataque, muito se esperava de Roberto Jacaré, que não convenceu. Eydison até tem qualidade, mas seu temperamento forte já causou duas expulsões no campeonato. Pode tomar até uma suspensão maior.


Não é complicado para voltar pra primeira divisão. Mas o clube tem que minimizar a possibilidade de um desastre.


Nenhum comentário:

Postar um comentário