quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

De novo, de novo e de novo

Mais uma vez, a BR-101 vira local de confronto de torcedores depois de um jogo. Graças a Deus dessa vez não teve morte, mas a situação ficou complicada.

Imagino eu, que estava na rodovia naquele mesmo momento, assim como outros motoristas, que nada tinham a ver com a perseguição de torcedores do Figueirense aos do JEC, que poderiam ter ficado no meio da "linha de tiro".

Pois é, aconteceu de novo. 1 e pouco da manhã, BR-101, ponte de Tijucas, o que deve dar mais ou menos uns 40km do Estádio Orlando Scarpelli. Longe pra dedéu. Uns malucos atiram pedras em cima de um ônibus e o pau resolve comer ali, na beira da rodovia, onde milhares de pessoas passam durante todo o dia.

Não vou aqui entrar no mérito de quem teve culpa ou não. Mas essa porcaria de perseguição e ameaça um dia vai ter que acabar. Ou vão esperar mais alguém morrer pra resolver de vez? Espero que as câmeras da Autopista tenham flagrado o que aconteceu e os responsáveis sejam punidos.

Ah, não vão ser né... o pessoal do Gol admitiu o que fez, não houve Boletim de Ocorrência e todos foram liberados pela Polícia. Ou seja, acabou em pizza.

Veja o vídeo do que aconteceu, em reportagem do Jornal do Meio-Dia de Joinville:

Um comentário:

  1. Isso só irá acabar quando os clubes pararem de patrocinar isso, e realmente desligarem a imagem do clubes das torcidas organizadas. O JEC e o Figueirense, como Clubes, não tem nada a ver com esta briga, mas é o nome deles que está na lama, portanto para proteger a instituição, os clubes devem criar ações que realmente protejam a instituição.

    Não me importo com quem está certo ou errado, mas enquanto as TO se preocuparem mais com as outras TOs do que com o próprio time, isso nunca vai acabar...

    ResponderExcluir