segunda-feira, 28 de abril de 2014

Chapecoense proíbe os "mistos" na arquibancada

Uma historinha rápida que eu presenciei. Abril de 2000, Chapecoense e Brusque jogavam no Regional Índio Condá. Jogo modorrento, chato, e a torcida pegando no sono na arquibancada. No intervalo da partida, crianças de escolinhas da cidade fizeram um jogo usando camisas do Grêmio e do Internacional. Deu briga na descoberta.

14 anos depois, tudo mudou em Chapecó. O time está na Série A e a direção faz de tudo para afastar de vez a figura do torcedor que vai ao estádio com camisas de outros clubes. No comunicado divulgado hoje, o clube avisa aos seus associados que não permitirá o acesso de quem usar camisas de outros clubes. Quem quiser, que vá para o setor visitante.

Embora o aviso já esteja valendo para o jogo deste domingo contra o Corinthians, o recado vale para a partida do Dia das Mães, contra o Grêmio. Será a primeira oportunidade de um jogo do Brasileirão entre o time da cidade contra aquele que, junto com o Inter, atraiu as atenções da região até pouco tempo atrás.




Nenhum comentário:

Postar um comentário