sexta-feira, 18 de abril de 2014

Palhaçada em Joinville. E o torcedor feito de idiota mais uma vez

Carlos Junior / Notícias do Dia
Primeiro que Sexta-feira Santa não é dia pra jogo. Mas vamos lá. Muitos torcedores se prepararam, saíram de casa, pagaram (caro) ingresso para ver um jogo de futebol. Viram 17 minutos e foram embora, todos P da vida e tomando um tapa na cara dessa bisonhice do futebol brasileiro.

Mais um espetáculo deprimente, na primeira rodada da Série B.

Do nada, com a bola rolando, aparece uma cópia de uma liminar destinada ao presidente da CBF e o jogo para. A Portuguesa, que tinha o discurso de ir pro jogo e só não entrar em campo caso a confederação cancelasse a rodada, do nada mudou de ideia.

Foto: Juliano Schmidt
É muito estranho. Não teve oficial de justiça, nem nada. No começo do jogo, foi entregue (por alguém que não assinou súmula e não poderia estar ali, esse de verde da foto) a liminar na mão do delegado Laudir Zermiani, que comunicou o árbitro e parou tudo. Ao consultar a CBF, foi dada a ordem para voltar. A Lusa não quis. Argel disse que estava acatando ordens. O presidente Ilídio Lico se disse pressionado. Torcedor feito de palhaço, em rede nacional.

Nada me tira que isso estava premeditado. Para não tomar um WO, o que seria pior, a Portuguesa alegaria que teve que sair de campo por causa de ordem judicial, que apareceu subitamente depois do apito inicial. Interessante.

A CBF tem sua culpa também, por dar de ombro para a liminar que o torcedor conseguiu. Poderia ter adiado o jogo. Soltou uma nota depois do jogo dizendo que não havia competência daquela vara, mas aí vamos pro jogo do diz-que-diz.

Ano de Copa, Brasil na vitrine, palhaçada em cima de palhaçada. Credibilidade arranhada de uma gestão idolatrada pelos próprios clubes, responsáveis pela paixão do torcedor, o cliente final do esporte, que é desmoralizado dia após dia.

Um clima de insegurança se instaura em um campeonato que apenas está começando. Qual será o próximo capítulo? E o JEC, que nada tem a ver com a história, terá que jogar de novo contra a Portuguesa ou o STJD bancará o WO?

Viajei 120 km hoje para transmitir 17 minutos de futebol. Não importa de quem é a culpa. Assim como o torcedor, também me sinto um tremendo trouxa em acreditar em um produto forte tão mal administrado. O que estão fazendo com o futebol brasileiro?


Nenhum comentário:

Postar um comentário