sexta-feira, 11 de abril de 2014

Vai com Deus, "Seu" Rubens

"Oi amiguinho, é Rubens Fachini..."

Era assim que ele dizia quando eu atendia o telefone.

O Seu Rubens foi um cara espetacular. A cara dos Jogos Abertos, a bandeira do Esporte Amador de Santa Catarina. Flamenguista roxo (sempre usava camisas com a marca do Zico). Chegou a ser locutor de rádio (dos bons, já me disseram) e presidente do Brusque.

E se hoje os Jogos Abertos existem e sobrevivem, muito se deve a ele. Com todo respeito, ele era bem chato. Ia falar com o governador para pedir ajuda para que os JASC não caíssem no ostracismo. Organizou as cerimônias e o traslado do fogo simbólico de Brusque até a cidade-sede tirando dinheiro do bolso. Chegou a mandar uma carta-desabafo para o então secretário César Souza Jr. reclamando do abandono. Não gostava de homenagens. Ano passado, recebeu a surpresa de que seria condecorado e foi às lágrimas.

Lutador. Tinha câncer. Tomava vários remédios e não se deixava derrubar.

Quem me conhece, sabe como eu sou fã de Jogos Abertos. Defendo com unhas e dentes o ideal que o seu Rubens e o saudoso Arthur Schlösser criaram lá em 1960. É a maior festa do esporte amador do Estado. A oportunidade de atletas do extremo-oeste terem integração com participantes de olimpíadas em dez dias de overdose esportiva lá no mês de novembro. Por várias vezes ele me mostrou preocupação com o que acontecia, desde o esvaziamento do interesse da mídia até os rumos que o esporte aqui da terrinha tomava, uns anos atrás.

Há uns 10 anos, sentado em uma mesa do restaurante Tapioca lá em Timbó, no meio dos Jasc, eu disse pra um grupo de amigos da imprensa: "o dia que o seu Rubens ir embora, os Jogos Abertos correm risco". É missão nossa, da comunidade esportiva desse Estado, lutar para que o ideal não se acabe.

E nesse momento, Arthur Schlosser deve estar recebendo o seu amigo Rubens lá no céu com um forte abraço. Abraço de amigos que não se veem a muito tempo, e que serão eternamente reverenciados aqui embaixo na Terra.

Vai com deus Seu Rubens. Vai com Deus, amigo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário