sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Dia do tapetão: JEC encontra erro do América-MG, que pode sair da briga pelo acesso

No mesmo dia que o STJD excluiu o Icasa da Série B, o departamento jurídico do JEC encontrou uma irregularidade que pode mexer totalmente na briga pelo acesso, tirando um dos mais fortes candidatos da briga, o América-MG. Uma entrevista coletiva na Arena Joinville antes da partida contra o Oeste explicou tudo.

É um caso simples: o jurídico tricolor descobriu que o lateral-esquerdo Eduardo atuou por um terceiro time em competição nacional no ano. Ele já havia jogado a Copa do Brasil pelo São Bernardo contra o Paraná Clube e depois foi para a Portuguesa, sendo repassado ao América em 26 de junho.

Aí que vem a irregularidade, prevista no Artigo 49 do RGC da CBF (abaixo). Ele foi relacionado em 4 jogos pelo Coelho. São 12 pontos pela penalização e mais 9 dos pontos conquistados nos jogos em que ele atuou de forma irregular. 21 pontos no total. Isso joga o América para a lanterna e o tira da briga pela Série A.

Eu me lembro de um caso parecido de 2010, quando o Figueirense contratou o volante Evandro, mas teve que desistir do negócio ao descobrir que seria um terceiro contrato no ano. Outro caso aconteceu em 2012, quando a CBF disse ao Avaí que não poderia inscrever o atacante Jobson, pois ele já havia atuado por Botafogo e Barueri na temporada (veja matéria aqui)

Não gosto de coisas resolvidas no tapetão, mas se tá na regra, tem que cumprir. A tal da súmula eletrônica ultramoderna da CBF falhou de novo. Deve ser sistema xing-ling.

Em se confirmando a punição nos tribunais, é mais um ponto para o departamento jurídico tricolor, que descobriu uma falha no América-AM que acabou no acesso à Série C em 2010 e ajudou na conquista dos três pontos naquela palhaçada do abandono de campo contra a Portuguesa. Vamos aguardar.

Art. 49 do Regulamento Geral de Competições da CBF: "Art. 49 - Um clube não poderá incluir em sua equipe, na mesma temporada, um atleta  que já tenha atuado por dois outros clubes, em quaisquer das competições coordenadas  pela CBF, com exceção das copas regionais, em consonância com as determinações da FIFA sobre a matéria.





Nenhum comentário:

Postar um comentário