terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Copa do Brasil: quem são os adversários dos catarinenses

Sorteados os confrontos da Copa do Brasil, e os catarinenses sabem o seu caminho se quiserem chegar ao topo no final do ano que vem. A primeira fase sempre envolve jogos com times menos conhecidos, alguns tentando ir longe e outros fazer uma rendinha, além de embolsar a cota da CBF, que é boa.

O Blog traz um pequeno perfil desses primeiros adversários:

Ituano - SP (adversário do Joinville): é o campeão paulista, mas com um time bem diferente daquele que era comandado por Doriva (hoje no Vasco) e que conquistou o título contra o Santos. Um dos únicos remanescentes do time é o lateral Dick, que já passou pelo JEC. Mesmo assim não dá pra achar que vai ser fácil: a cota do campeonato paulista é boa e o time é bem estruturado financeiramente. Uma coisa é certa para o tricolor: jogar com time reserva, nem pensar. E ainda por cima deverá jogar a volta fora de casa, por causa de uma punição do STJD.


Operário-MT
(adversário do Avaí) - o time do Mato Grosso não tem técnico e tampouco o elenco completo. Apenas 15 jogadores tem contrato assinado até agora. Um dos que já estão confirmados é o meia Ruy Cabeção, ex-Botafogo e Figueirense. O time mandará seus jogos na Arena Pantanal, o que é uma boa notícia para o Leão da Ilha.



Princesa do Solimões-AM (adversário do Figueirense)- é de Manacapuru, mas mandará seus jogos na Arena Amazônia, em Manaus. O clube ganhou recentemente um novo Centro de Treinamento, construído no sítio do presidente Holofernes Leite. O técnico é Zé Marco, que estreou como técnico dirigindo o Atlético-AC e que dirigirá o seu segundo clube. Com uma base de jogadores da região Norte, não deverá ser um adversário complicado para o Figueirense. O maior adversário será a viagem até o Amazonas.



Interporto-TO (adversário da Chapecoense) - atual campeão de Tocantins, o Interporto não tem técnico nem jogadores ainda para a próxima temporada. Tudo passará pelas eleições que acontecerão no clube dia 16 de janeiro, e o campeonato local só começa no final de fevereiro. Nem é preciso dizer que um time de Série A tem total condição de classificar-se em apenas 90 minutos.



Já o Criciúma enfrentará o vencedor do confronto preliminar entre Atlético-AC e Real Noroeste-ES. Os dois times ainda não apresentaram suas armas para a temporada. Mas diferentemente deste ano, quando pegou o Londrina e caiu fora logo no início, dessa vez o Tigre terá tarefa bem mais fácil.





Nenhum comentário:

Postar um comentário