terça-feira, 6 de janeiro de 2015

As primeiras novidades

* Publicado no jornal Notícias do Dia de 06/01/2015

O futebol catarinense foi alvo da imprensa nacional no último mês, principalmente pelo fato dos clubes terem bons resultados com orçamentos infinitamente menores aos grandes. É baseado nessa filosofia que, nessa segunda-feira (5), no início da nova temporada, apareceram os primeiros reforços para 2015. Sem loucuras e analisando as oportunidades, em um Estadual que promete ser de nível melhor que o do ano passado.

A Chapecoense chama a atenção pelo grande número de novidades. Com um orçamento previsto de R$ 40 milhões na temporada, o presidente Sandro Pallaoro diz ter uma capacidade de investimento 30% maior em comparação a 2014, quando separou boa parte do dinheiro para pagar dívidas. O Verdão perdeu Leandro e Fabiano, manteve o bom goleiro Danilo e foi ao mercado trazendo os atacantes Ananias, Roger e William Barbio, o volante Maylson e o zagueiro Vilson. Negueba e Muralha, fora dos planos do Flamengo, podem chegar também. Uma lista grande de novos nomes para o técnico Vinícius Eutrópio administrar logo no início do ano.

O Joinville voltou ao trabalho sem nenhuma contratação de peso. O Tricolor do Norte anunciou cinco jogadores, entre eles o volante Geandro, que disputou a Série B pelo Bragantino; e o lateral Luis Felipe, ex-Criciúma. O presidente Nereu Martinelli deixou claro que o clube não deixará o Estadual de lado, lutando para conquistar um título que não vem desde 2001. O mesmo dá para dizer do Avaí, que acertou em cheio ao repatriar Carlos Arini, demitido pelo ex-presidente Zunino, em 2012. O trabalho ainda está começando e o mercado está muito movimentado. Tem muito jogador se achando craque e que está pedindo valores absurdos. 

Com critério de escolha e profundo conhecimento de mercado dá para garimpar bem atrás de bons nomes. Sem pressa, porque o ano está só começando.

Grande oportunidade

São muito comuns na Europa e na Argentina os torneios de verão reunindo as principais equipes que estão em pré-temporada. Santa Catarina tem uma grande oportunidade de fazer algo parecido. Com milhares de turistas na área e bons estádios na proximidade do litoral, realizar jogos desse tipo seriam muito bem-vindos. Bem melhor que aquelas peladas de final de ano sem graça.


Nenhum comentário:

Postar um comentário