domingo, 8 de fevereiro de 2015

Chapecoense 100%, pronta para o hexagonal

Fernando Ribeiro / Criciúma EC
O jogo na Arena Condá foi apenas uma confirmação. Sem ser muito exigido pelo adversário, o time de Vinícius Eutrópio venceu o Criciúma e se manteve na liderança do Estadual.

Não foi goleada mas o time mostrou volume de jogo e mostrou que está pronto para o hexagonal final, e ainda com gente para estrear. Não sei como o treinador imagina o seu time titular, mas ele conseguiu passar pelo primeiro estágio. É um time confiável, que vai conseguir a sua classificação sem problema nenhum e vai poder transformar as últimas rodadas da primeira fase numa espécie de pré-temporada.

O jogo em si mostrou um contraste. Enquanto a Chapecoense distribuía bem suas jogadas, o Criciúma tinha sérios problemas, muitos deles causados pela inexperiência. O jovem goleiro David falhou feio no primeiro gol verde, o que trouxe muita intranquilidade para a linha de zaga. Na jogada seguinte, Roger mandou uma bola na trave.

Falando em intranquilidade, foi Lucca, um dos mais experientes do time, que acabou expulso por reclamação em um lance de pênalti que eu não marcaria.

Pelo volume de jogo apresentado, a Chapecoense fez por merecer a vitória. O torcedor de Criciúma sabe que falta muita coisa para o Tigre alcançar a tal da confiabilidade. A preocupação maior é conseguir a classificação para o hexagonal.

Enquanto isso, seus principais adversários ainda patinam em busca de um padrão de jogo eficiente. Avaí, JEC e Figueirense sabem muito bem disso.






Nenhum comentário:

Postar um comentário