terça-feira, 3 de março de 2015

Os efeitos práticos das condenações de Avaí e Marcílio Dias no TJD

A comissão disciplinar do TJD-SC não surpreendeu. Seguindo o que era esperado, Avaí e Marcílio Dias foram punidos pelas irregularidades e descem para as últimas colocações da tabela.

O advogado do Leão, Sandro Barreto, tentou argumentar alguma coisa tentando uma desclassificação para outro artigo, mas admitiu o erro do funcionário dos registros. Não havia como escapar da condenação. Ainda conseguiu uma multa baixa, de apenas R$ 8 mil, quando o artigo da punição previa uma pena máxima de R$ 100 mil.

Já o Marcílio Dias avisou que está no começo da briga. Perdeu no primeiro round, e isso também era esperado, assim como outra derrota no pleno quinta-feira não será nada surpreendente. Indo ao STJD, as chances melhoram consideravelmente. Mas antes, o time tem uma rodada bem mais complicada, pois não depende só de si para entrar no grupo do hexagonal. O Marinheiro, que vem de quatro derrotas seguidas, precisa vencer o Guarani, que não perde há quatro, e torcer para que o Inter de Lages não venca o Avaí, que não quer mais nada, em Lages, ou para que a Chapecoense, já classificada em primeiro lugar, vença o pressionado JEC na Arena.

O campeonato corre risco de parar? Sim. Mas antes disso uma combinação de resultados tem que acontecer. Lá pela meia-noite de quinta a gente vê o que aconteceu.


Nenhum comentário:

Postar um comentário