sábado, 21 de março de 2015

Sem novidades, JEC venceu a primeira fora de casa

Assessoria JEC
A expulsão de Valdo Bacabal no início da partida fragilizou o Inter de Lages e deu ao Joinville uma chance real de equilibrar a partida dentro de Lages e faturar uns pontos na Serra.

No fim deu certo, com gol em um desvio de Fernando Viana. Mesmo com 10, o colorado lageano conseguiu equilibrar o jogo, mas não conseguiu chegar no gol. Hemerson Maria fez a sua parte, colocando Geandro e retrancando de vez o time, quando era melhor em campo e não precisaria correr o risco de atrair ainda mais o adversário com um jogador a menos para o seu campo.

O JEC tem agora pela frente dois jogos contra o Criciúma, o time mais fraco do hexagonal, que provavelmente chegará na quarta sem vencer. Duas vitórias são obrigatórias para que o time permaneça vivo, ainda que não esteja mostrando nenhuma evolução, uma palavra que o treinador garante que acontece dentro do time.

Desisti de esperar o time jogar bonito. Se o time quiser chegar na final, vai ter que ser desse jeito aí. Na base do tranco, no sofrimento, e com um pouco de sorte.



Nenhum comentário:

Postar um comentário