sábado, 18 de abril de 2015

Zero a zero que valeu pela base tricolor em campo

Hemerson Maria falava na entrevista coletiva como aquele professor de educação física orgulhoso do time da sua escola depois de uma partida em alguma olimpíada estudantil. Com o JEC já classificado e com vaga garantida na final, era a hora perfeita pra testar a base. Teve gente que aproveitou e apareceu muito bem.

Gostei bastante de Luis Meneses e Mateus Silva, atletas que atuaram com personalidade. Juninho mostrou vontade e Danrlei, esse já com mais rodagem, deu recado que merece ser observado com mais carinho pelo menos na composição do banco de reservas.

Do jogo em si não dá pra tirar muito. Mas como observação de possíveis talentos do time para o futuro, vale bastante. Tinha jogador que atuou pela primeira vez pelo profissional. Vai para a história deles este dia 18 de abril.



Nenhum comentário:

Postar um comentário