sábado, 23 de maio de 2015

JEC precisa perceber que não está na Série A para turismo

Assessoria JEC
O Joinville foi completamente dominado por um São Paulo que, vamos falar a verdade, não forçou e nem jogou pra tanto. Mas o time de Hemerson Maria chega ao sexto jogo seguido sem marcar gol criando uma preocupação enorme nesse início de Série A.

O time toca, toca, toca, mas não cria jogadas de perigo. É um time "meio" organizado, mas que é muito pobre no setor ofensivo. Os gols não vem, e o time vai ficar mais uma rodada na zona do rebaixamento.

Tem coisas que não entendo: Sueliton foi eleito um dos melhores do estadual, e o técnico aposta em Mário Sérgio, um jogador que não mostrou nada de excepcional. Em uma falta perigosa, ele abre mão de Marcelinho Paraíba para que o zagueiro Bruno Aguiar chute a gol.

Enfim, o Joinville precisa tomar noção que está na Série A e precisa ir pro combate contra os adversários, buscando aquele brio da última Série B. Ter consciência para ocupar os espaços, ter a posse de bola e criar as jogadas. Uma coisa é perder para um grande adversário com luta, trocando chumbo e criando jogadas. Outra bem diferente é assistir o outro time jogar.

Sábado que vem tem a "segunda estreia" em casa, agora com público, contra o Atlético-PR. A torcida estará lá pra cobrar. E ela vai exigir uma reação. Hemerson Maria terá que fazer uma correção de rota.


Nenhum comentário:

Postar um comentário