segunda-feira, 22 de junho de 2015

Série B de SC: convite à quebradeira

A Série B do catarinense, conhecida como segundona, terá amanhã a sua quarta rodada. Sistema de disputa simples: pontos corridos em ida e volta, os dois primeiros sobem, o último cai para a Série C. Nesse início de campeonato, Tubarão, Brusque e Concórdia aparecem na frente, mas ainda há muita coisa pela frente.

O campeonato é mal planejado, todo acontecendo em quartas e domingo, direto, com apenas uma folguinha de semana inteira entre um turno e outro. Um convite para as lesões.

Quem aprovou essa fórmula do campeonato não observou alguns detalhes. Diferente do Brasileirão, onde 4 garantem vagas para a Libertadores e 4 caem, aqui há uma disputa bem menor. Daqui a umas duas semanas, os líderes já vão ter aberto boa distância. O Porto, por exemplo, se perder fora de casa para o Operário e o Brusque vencer o lanterna Blumenau, já fica a oito pontos de distância do segundo lugar. Complica bem no começo.

Aliás, o Blumenau deve ser o rebaixado. O time é ruim, deve perder pontos no TJD por causa de jogadores irregulares e dá show de desorganização. Não deve deixar a lanterna, o que já confirma o único rebaixamento.

Tudo indica que o segundo turno não valerá absolutamente nada para mais da metade dos times. Confirmando-se a arrancada de três ou quatro deles, o restante não terá nada para lutar, já que o BEC deverá ser empurrado de volta para a Série C. Aí vai ficar fácil pra quem arrancou bem. E quem cumprir tabela terá rendas baixíssimas, nenhuma motivação e problemas sérios no caixa. Pode anotar aí.

Fórmula mal concebida, mas aceita pelos clubes. Bom para quem tem time bom e estrutura, brigando lá em cima da tabela.



Nenhum comentário:

Postar um comentário