terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Bolsa de Apostas

*Publicado no jornal "Notícias do Dia" de 05/01/2016
A temporada 2016 para os clubes catarinenses começa oficialmente nesta semana, com a Chapecoense saindo na frente depois de todo um mês de movimentações no mercado. O time do Oeste, que fez a melhor campanha entre os times do Estado no ano passado, conseguiu manter grande parte do seu time titular e fez várias contratações. Vai iniciar a curta pré-temporada buscando manter o padrão montado por Guto Ferreira. Na minha bolsa de apostas, é favorito a uma das vagas na decisão do Estadual, principalmente no primeiro turno.
O Figueirense tem a obrigação de entrar bem, até pela posição e orçamento de time de Série A. O presidente Wilfredo Brillinger promete fazer um time forte, mas precisa, num primeiro momento, suprir os danos causados no elenco com as perdas de Alex Muralha e Thiago Heleno, estas confirmadas, e as possíveis de Dudu, Marcão e Clayton. Tendo ainda o desafio da Primeira Liga antes da estreia contra o Brusque, é normal que o time vá se ajustar com o campeonato em andamento. Entraria numa briga pela vaga na decisão no segundo turno, quando todos já estarão em um ritmo de jogo melhor.
Por outro lado, o Criciúma começou a mexer na casa já no ano passado, quando viu que não teria mais futuro na Série B. Iniciará a temporada já com uma profunda reformulação feita. Enquanto isso, Avaí e Joinville ainda sentem a ressaca do rebaixamento, buscando se adequar a uma nova realidade. Com os outros cinco clubes se armando para incomodar, teremos um Estadual que promete equilíbrio.
O camisa 1
Como numa obra do acaso, o Avaí se livrou de um possível problema e deu a resposta com um bom nome para assumir o gol. Ivan tem talento, mas deu mais uma prova de sua instabilidade emocional ao confirmar sua transferência para Floripa e, no dia seguinte, rejeitar tudo. Gonçalves agiu rápido e conseguiu trazer Renan, nome com longo currículo no Botafogo, onde atuou por mais de cem jogos como titular. Com o time ganhando forma, poderemos ver o quão longe ele poderá chegar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário