domingo, 3 de abril de 2016

Duas opções: campeão sem final ou Chape x JEC na decisão

Se Criciúma e Figueirense mantinham alguma possibilidade de chegar à final do Estadual, ela se foi com os resultados desse final de semana. Primeiro foi o Tigre, numa atuação abaixo da média, que acabou perdendo para o frágil lanterna Guarani. 

E agora foi o Figueirense, que mesmo prejudicado por Célio Amorim em um gol irregular da Chapecoense, não soube aproveitar a vantagem numérica em campo. Agora, o time que vinha evoluindo lentamente terá bastante tempo para se concentrar no campeonato brasileiro.

Foi um jogo no Scarpelli em que a Chape fez um primeiro tempo muito discreto, dando chance para o Figueirense, melhor no jogo, controlar as ações. Mas depois de toda a confusão que foi o gol de empate do time de Guto Ferreira, o Verdão soube segurar a partida para se manter invicto e tirar mais um da parada.

A situação agora é simples: ou a Chapecoense é campeã sem uma decisão ou o Joinville capitaliza as três partidas que tem em casa e ir para Chapecó para segurar a liderança para sagrar-se campeão do returno e ir para a final contra o mesmo adversário que há 20 anos provocou uma polêmica enorme com direito a WO na decisão e jogo remarcado para a semana do Natal, na famosa decisão do foguetório.

Pressão agora está com o JEC, que não pode pensar em perder ponto nos jogos na Arena contra Camboriú, Inter e Brusque, para ter uma chance de estragar o título antecipado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário