domingo, 24 de julho de 2016

Chapecoense vence com drama para se manter "na conta" da classificação

No sábado, o Figueirense arrancou um empate que poderia ser algo melhor em São Paulo, não fosse um erro bisonho do árbitro que não expulsou Cássio. Era gol? Não era, mas como o time vencia e tinha a chance de ampliar, era claro que o cenário era absolutamente favorável para uma vitória, que não veio. Resultado ruim para os dois, e o Figueira segue na zona de rebaixamento, mesmo jogando bem. Nada de desespero, mas muito trabalho para Argel.

Já a Chapecoense sofreu um monte para vencer um Botafogo que vinha tentando se acertar, mesmo presente na borda do Z4. Caio Junior foi feliz nas alterações e a vitória fez o time chegar no "meio da meta", faltando três rodadas para o fim do primeiro turno.

A conta é a seguinte: considerando a meta histórica de 44 ou 45 pontos para escapar do rebaixamento, a Chape chegou a metade desse número três jogos antes do final do primeiro turno, e essa é a verdadeira "gordura" a ser medida. Depois de uma sequência de três jogos e apenas um ponto conquistado, essa vitória veio em excelente hora.



Nenhum comentário:

Postar um comentário