quarta-feira, 13 de julho de 2016

Conheça a segundona: Jaraguá



SPORT CLUB JARAGUÁ

Fundação: 15 de abril de 2008
Cores: Vermelho, Preto e Amarelo
Estádio: João Marcatto (pertence ao Juventus) - 10.000 lugares
Presidente: Valdemir Salviano da Silva
Técnico: Michael Neves
Ranking "BdR" 2015: 18o. Lugar
Catarinense 2015: 3o. Lugar na Série C



O Jaraguá é um clube novo e persistente. Desde 2011 disputa a terceira divisão do campeonato estadual e sempre bate na trave na hora de decidir o acesso. Terceiro lugar da Série C do ano passado, o clube ganhou uma vaga na segundona graças à desistência do Juventus de Seara. Neste ano, teremos um clássico local, com o Jaraguá enfrentando o Juventus, clube mais tradicional da cidade. É uma rivalidade que tem muito de parceria. Há algum tempo, o Jaraguá cedeu jogadores ao moleque travesso, em terrível crise financeira, para terminar um campeonato. E neste ano, eles compartilharão o uso do Estádio João Marcatto durante o campeonato. Cabe aqui também mencionar que a cidade de Jaraguá do Sul ainda não comprou a ideia da Série B. Muito pouco se vê de movimentação para um campeonato que logo começará.

Michael Neves, de 41 anos, é o técnico do Jaraguá para a segundona. Ele comandará pela primeira vez um time profissional na carreira. Lageano, Neves comandou o sub-20 do clube no ano passado e tem experiência na base do Fluminense e no futebol amador de Joinville.  Ele sabe o tamanho do desafio que tem pela frente: “Venho me preparando uns seis anos para assumir essa função e sinto que estou preparado. Meu objetivo inicial é fazer um bom campeonato, não trabalho com a hipótese de rebaixamento”. Ele conta com todo o apoio da diretoria, que diz acreditar no futebol moderno a ser implantado pelo treinador.

A realidade muda bastante da terceira divisão, onde há limite de idade para atletas e o investimento é bem menor. A diretoria do Jaraguá correu bastante atrás da máquina para qualificar o time, e apostou em um time jovem, com jogadores de todos os cantos do país. O principal destaque é o atacante Marreta, de 23 anos, joinvilense com base no Vasco da Gama, e que leva no currículo o fato de ser o autor do último gol da história do Estádio Olímpico de Porto Alegre, com a camisa do Guarani de Venâncio Aires. (a última partida lá disputada, um Gre-Nal, acabou em 0 a 0).

O Jaraguá tem um dos menores investimentos da Série B e, logo, entra com o objetivo de não ser rebaixado. O fato de disputar as atenções com o Juventus nessa temporada pode ajudar a espalhar a imagem do clube, para a partir daí, buscar um bom crescimento. Mas pelo time que tem, é coadjuvante no campeonato.


Um comentário: