sábado, 2 de julho de 2016

Conheça a segundona: Juventus


GRÊMIO ESPORTIVO JUVENTUS 
Fundação: 1o. de maio de 1966
Cores: Grená, Preto e Branco
Estádio: João Marcatto - Particular (7.000 lugares)
Presidente: Sérgio Luiz Meldola
Técnico:Eduardo Clara
Ranking "BdR" 2015: 15o. Lugar
Catarinense 2015: 4o. lugar na Série B


O moleque travesso teve um 2015 bem fraco na Série B, perdendo 8 dos 18 jogos da fase de classificação. O clube, que teve a administração terceirizada, prometeu o acesso, mas acabou montando um elenco de baixa qualidade que não vingou. Neste ano, a empresa I9 anunciou seu desembarque do comando do futebol, voltando a deixar a tarefa nas mãos da diretoria. A montagem do elenco vinha bem, com o time se apresentando como candidato ao acesso, até que uma bomba estourou há alguns dias: José Pereira, o então diretor de futebol (conhecido por organizar o "Jogo das Estrelas" em Itajaí no final do ano) foi para a imprensa detonar o ex-presidente e vereador Jeferson de Oliveira, acusando-o de cobrar propina dos valores arrecadados junto a patrocinadores da equipe via whatsapp. Diante de uma situação complicada, coube ao presidente Sérgio Meldola tomar a atitude de afastar os dois do clube. Ou seja: aconteceu uma crise antes mesmo da bola rolar.

O Juventus, que completou 50 anos de existência recentemente, tem planos interessantes: o marketing faz um trabalho legal, a camisa está cheia de patrocinadores e a campanha de sócios está na rua. Em uma temporada que o clube terá um rival local (o Jaraguá, estreante na segundona) para dividir as atenções, o tricolor jaraguaense contratou um treinador que conhece o terreno onde vai pisar: Eduardo Clara, de 45 anos, que tem no currículo um acesso à elite com o Camboriú em 2011, que retorna depois de um período no Norte do país. Nos últimos dias, ele analisou jogadores da base local que poderiam ser aproveitados no time de cima.

O elenco do moleque tem alguns jogadores conhecidos, como o veterano goleiro Paulo Sérgio e o atacante Jean Carlos, ex-Atlético de Ibirama e Joinville, o também atacante Sabiá, ex-Metropolitano e o zagueiro Linno, ex-JEC. Mas quem se destaca nessa lista, até com certa surpresa, é o experiente meia Rosembrick, de 37 anos de idade, reconhecido pela sua passagem no Santa Cruz, indicado por Tite para jogar no Palmeiras e com um curto período no Criciúma. É um jogador que teve sérios problemas extra-campo em sua carreira, tanto que não conseguiu nenhum trabalho de destaque nas últimas temporadas. Mas ganhou uma chance em Jaraguá.

O elenco do Juventus tem interessantes nomes e entra na Série B do Estadual com a condição de buscar o acesso. Resta saber se as coisas dentro de campo funcionarão bem. Ano passado, a promessa era grande e o time não correspondeu. Agora, depois de uma briga grande que resultou na saída do diretor de futebol, vamos ver se isso não afetará o desempenho do clube.


Nenhum comentário:

Postar um comentário