sexta-feira, 29 de julho de 2016

Segundona: terceira rodada que pode complicar os primeiros clubes

A Série B do Catarinense chega neste final de semana à sua terceira rodada, o que pode já fazer com que os times que lideram o campeonato, Barroso e Operário, cheguem aos nove pontos. A pressão maior é do Marcílio Dias, zerado na competição, e que vai jogar fora contra o Tubarão. Em se confirmando o favoritismo, o Marinheiro permanecerá zerado na classificação, com uma distância já grande do "G2", tendo o clássico contra o Barroso na semana que vem.

A rodada tem três jogos interessantes. Em Brusque, o Barra, que passou o carro no Marcílio, enfrenta um Operário de Mafra que impressionou até aqui. No domingo pela manhã, o Barroso defende a liderança contra o Hercílio Luz, machucado depois da derrota em casa para o Atlético Tubarão. Teve até treino fechado por lá, com muita cobrança. De quebra, o time anunciou dois reforços: o atacante Soares, ex-Figueira e Flu, e o meia Roger Guerreiro, ex-Flamengo que atuou na seleção polonesa. Se o time da casa vencer, levará uma moral gigante para o jogo mais esperado do ano em Itajaí.

A outra partida a prestar atenção é Tubarão x Marcílio, na estreia do Peixe no estádio de Vila Oficinas, agora liberado. O time de Mabília encontrou bom futebol na vitória sobre o Hercílio e pegará um adversário fragilizado, que tem um elenco comprovadamente frágil e que demitiu o técnico José Macena.

A situação do Marcílio Dias inspira cuidados, e nesta semana surgiram boatos de reforços e de quem seria o novo treinador. Aí vem o dilema: se o Marinheiro quiser se recuperar, vai ter que montar um time novo (mercado até tem, com o final da primeira fase da Série D, tem atleta na praça). O problema é dinheiro. A turma que botava grana no clube não está junto, ainda mais em ano eleitoral. Imagino que o aporte só viria com o desembarque da atual diretoria. O problema é que pode ser tarde demais.


Nenhum comentário:

Postar um comentário