segunda-feira, 22 de agosto de 2016

O recado foi passado, à base de muito calor humano

As manchetes internacionais até a abertura da Olimpíada preocupavam. Medo da Zika. Água podre que causaria lesões gravíssimas. Tiros nos locais de competição.

Começaram os jogos e nada disso aconteceu. Correu tudo bem, com um show da calorosa torcida brasileira que empurrou o Rio 2016 para o sucesso.

Custou caro, é claro. Como disse uma das músicas do animado encerramento, "como será o amanhã?". Mas uma vez escolhido, o Rio não poderia deixar de fazer os jogos. Deu certo, a forma como aconteceram as cerimônias, o parque olímpico ficou lindo (pena que custou o fim do autódromo de Jacarepaguá) e a área do porto virou um ponto turístico sensacional.

É hora de cobrar o legado, se tudo que foi exposto será realizado. Mas o Rio passou o recado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário