sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Lição bem feita: Criciúma atropela o Brusque sem dó

Fernando Ribeiro / Criciúma EC
A torcida encheu o Augusto Bauer para ver aquele Brusque que chamou a atenção de todos contra o Figueirense. Em Florianópolis, o Bruscão foi organizado e extremamente focado para conseguir a vitória. No primeiro jogo em casa, aconteceu o contrário.

O time escapou de tomar uma goleada no primeiro tempo e acabou completamente envolvido pelo Criciúma, cujo treinador soube ler com excelência todas as deficiências do adversário para construir uma vitória tranquila e incontestável, que poderia ser bem maior, tamanha a superioridade.

No último final de semana, o fato que chamou a atenção foi que o Brusque, sem ter marcado nenhum gol nos jogos de preparação, fez dois gols contra o Figueirense, mesmo mostrando os mesmos problemas que tem indignado Mauro Ovelha. O setor de ataque precisa de muitos ajustes. Tanto é que a diretoria teve que correr atrás de dois na semana passada para tentar resolver o problema. O setor de armação mostra dificuldades para trabalhar e o time fica pendurado nas atuações individuais. Chegou o jogo de ontem e o Criciúma, precisando de uma reação depois da derrota para o Avaí, resolveu tomar cuidado. Resolveu marcar forte a saída do Bruscão e teve muito sucesso. Conseguiu encurralar e liquidar a partida no início do segundo tempo. Daí foi só administrar a pressão desesperada do Brusque, que tinha mais preparo físico, mas uma desvantagem enorme no placar. Sem eficiência, tomou o quarto no final para mandar o torcedor embora.

Para o Brusque, jogo de domingo contra o Metropolitano é pra tirar a dúvida: afinal, que time é esse? O banho de bola do Criciúma acende o alerta para que o “auê” todo criado pela vitória na estreia tenha que ser deixado pra trás e que o foco precisa ser todo na organização do time como um todo, para que ele, assim como o Tigre, possa se impor sobre os adversários. Já o Criciúma terá contra o Joinville uma chance de ficar vivo no turno e deixar aquela derrota na estreia para trás.


Nenhum comentário:

Postar um comentário