domingo, 19 de março de 2017

25 gols e o Joinville líder

Uma rodada que a rede balançou muito. Teve sete a zero e um quatro a quatro. No resultado disso tudo, temos um líder que era considerado como improvável até umas semanas atrás. O Joinville teve uma semana cansativa, mas proveitosa. Classificou para a quarta fase da Copa do Brasil e venceu duas partidas no Estadual que lhe dá não só a liderança do returno, mas uma tranquilidade depois de uma turbulência enorme. Afinal, o time se afastou da briga do rebaixamento e já garantiu um bom dinheiro com a campanha na Copa do Brasil.

Contra o frágil Figueirense, o time mostrou uma união enorme. Fabinho Santos poupou alguns jogadores da maratona desgastante e tudo deu certo, com um grande domínio do jogo e três pontos que dão moral para a próxima semana, quando o tricolor enfrenta Criciúma e Metropolitano. Por outro lado, o Figueira jogou a toalha no Estadual e resolveu fazer a limpa no departamento de futebol. Chega Carlito Arini com tempo para fazer uma limpa e montar um time confiável. Até porque esse que está aí é de nível baixíssimo.

Criciúma e Brusque fizeram um jogo maluco. Golaços e falhas de defesa. No final, o Bruscão deixou escapar uma vitória com um 4 a 2 na mão na reta final do jogo. Muitos podem dizer "Ah, empate tá bom, campanha tá ótima". OK, é um bom argumento. Mas quem quer que o Brusque vá longe, ou até sonhe em final, precisa cobrar o fato de permitir o empate. No fim, pesou o elenco limitado de peças na defesa. Mas ambos seguem com chances no returno, que ainda tem sete rodadas pela frente.

A Chapecoense passou o carro no Tubarão com um sete a zero e dá o recado de que quer chegar na final do Estadual. Com um período sem jogos da Libertadores, o Verdão terá a possibilidade de se dedicar ao campeonato. Outra goleada foi a do Avaí, que começou o jogo contra o Metropolitano vencendo por 2 a 0 e terminou num 4 a 1.

Teremos briga interessante no rebaixamento: o Barroso venceu, o Inter vem caindo de rendimento, Metropolitano em crise profunda e o Tubarão balançado depois de uma chacoalhada histórica. O descenso será decidido entre esses quatro. Quem não se mexer pode cair no buraco.


Nenhum comentário:

Postar um comentário