quarta-feira, 31 de maio de 2017

Surrealidade e preocupação

Vai repercutir por um bom tempo, e bem longe daqui, o que aconteceu na chuvosa noite de terça no Orlando Scarpelli. Algo jamais visto. O goleiro Fábio cometeu uma falha inexplicável. Vi e revi o lance tentando entender o que ele quis fazer naquela falta do Boa cobrada lá do meio de campo.

O estádio ficou perplexo. Todos ficaram perplexos ao saber que Fábio tomou um táxi e simplesmente vazou no intervalo.

Logo no jogo em que ele ganhou a oportunidade de ser titular.

É algo que só saberemos mais detalhes, quando o goleiro, ou melhor, ex-goleiro do Figueirense resolver falar. É surreal o que aconteceu.

Falando do jogo, o resultado também trouxe uma certa perplexidade ao torcedor, em escala menor. O time que arrancou muito bem na Série B começou a patinar. A derrota para o Boa Esporte, naquela conta do acesso, "anula" a vitória da estreia, fora de casa, em cima do Goiás. Não é sinal de crise, mas uma chamada de atenção. É quase impossível manter nível alto em todas as 38 rodadas, mas a questão aqui ainda é de foco e de buscar detectar o que aconteceu de errado para não acabar perdendo distância.

O melhor é apagar esse jogo contra o Boa e tocar a vida pra frente, mas serve o alerta. Se bem que vai ser difícil esquecer por causa do episódio do goleiro fujão. Vai pra lista dos micos no final do ano.




Nenhum comentário:

Postar um comentário