sexta-feira, 30 de junho de 2017

Conheça a segundona: Barra

BARRA FUTEBOL CLUBE
Fundação: 18 de janeiro de 2013
Cores: Azul e Amarelo
Estádio: Camilo Mussi (particular - pertence ao Almirante Barroso) 1.100 pessoas
Presidente: Benê Sobrinho
Técnico: Luciano Dias
Ranking "BdR" 2016: 16o. Lugar
Catarinense 2017: 7o. lugar na Série B




O Barra chega para a sua segunda temporada na Série B sem empolgar. No ano passado, empurrado pela excelente campanha na Série C, onde foi campeão sem sustos, o time prometia brigar pelo acesso, mesmo tendo que mandar seus jogos em Brusque. Assisti algumas partidas lá. No início até tinha uma torcida animada. No fim, sobraram poucos. O clube não passou sustos quanto à rebaixamento, mas ficou a decepção de que o time poderia render mais. Neste ano o clube, que está estabelecido em Balneário Camboriú, resolveu mudar de casa de novo. Em 2017, o Barra jogará no Estádio Camilo Mussi, o polêmico campo sintético do Almirante Barroso.

O técnico do Barra nesta temporada é Luciano Dias, de 46 anos, ex zagueiro com cinco títulos gaúchos conquistados com a camisa do Grêmio, além da participação na Taça Libertadores de 1995. No Corinthians, foi campeão brasileiro em 99. Virou técnico em 2004, rodando por vários clubes. Antes de vir para Santa Catarina, treinou o Comercial, de Ribeirão Preto.







O elenco, assim como no ano passado, tem jogadores rodados e conhecidos no futebol catarinense. Destaque para o atacante Jean Carlos, de 33 anos, aquele que apareceu no Tubarão e rodou por Chapecoense,
Joinville, Atlético de Ibirama e Figueirense. Junto com ele, tambem aparecem o meio-campo Van Basty, que jogou o estadual deste ano pelo Almirante Barroso e o volante Luiz Renan, reserva do Brusque que ficou em quarto no catarinense. Dentro da filosofia de formação de jogadores, muitos do elenco são egressos do time que disputou a Copa Santa Catarina sub-20.

O Barra mostra ser organizado, com boa comissão técnica, comunicação e até oferecendo ônibus gratuito pra quem quiser assistir aos seus jogos em Itajaí. Mas o elenco é modesto, não aparecendo neste momento com um favorito ao acesso. Tem tudo para ficar na zona intermediária, de novo. Mas vai que eu seja surpreendido. Ano passado esperava muito, mas o time não encaixou.


Nenhum comentário:

Postar um comentário