quarta-feira, 28 de junho de 2017

Conheça a segundona: Camboriú


CAMBORIÚ FUTEBOL CLUBE
Fundação: 11 de abril de 2003 (como SD Camboriuense)
Cores: Verde e Laranja
Estádio: Roberto Santos Garcia - Municipal (3.500 lugares)
Presidente: Renato Cruz
Técnico: Rodrigo Cascca
Ranking "BdR" 2016: 11o. Lugar 
Catarinense 2016: 10o. lugar na Série A



O Cambura já tem certa experiência na primeira divisão e, com uma fraca campanha em 2016, acabou rebaixado e terá que construir todo um novo caminho neste ano. Na primeira divisão, o time da terra do mármore ficou na última colocação com 15 pontos ganhos e apenas três vitórias em dezoito partidas. E principalmente por ser um time que sempre briga pelo acesso, o Camboriú é respeitado pelos seus adversários. Neste ano tem mudança importante no comando. José Henrique Coppi, de anos de serviços prestados no clube, sendo presidente nos últimos seis, deu lugar a Renato Cruz, jovem corretor de imóveis de 39 anos, que era diretor do clube e que agora assume a barca tentando dar um gás novo. É bom notar que o clube tem estrutura modesta, mas é bem organizado.


O treinador para esta temporada é experiente quando o assunto é acesso. Rodrigo Cascca, de 37 anos, tem amplo currículo no Paraná, tendo conseguido uma vaga na primeira divisão em 2015, no comando do Toledo. Também dirigiu o Operário de Ponta Grossa, Iraty e o Maringá, tendo no currículo uma passagem em Santa Catarina pelo Blumenau, há três anos e outra no Jaraguá, em 2016. Teve uma temporada interessante no ano passado, com uma campanha que chamou a atenção na primeira divisão do Paranaense.


O elenco montado pelo Cambura é interessante, dentro das limitações do regulamento. Na defesa está o experiente zagueiro Alex Bruno, de 35 anos, ex-São Paulo e campeão da Copa do Brasil  de 2004, com o Santo André. No ataque, dois nomes conhecidos. Um deles é um veterano de longo currículo em Santa Catarina: Brasão, 35 anos, que retorna ao clube. Autor de 10 gols pelo Atlético Tubarão em 2016, também tem passagens por Ibirama e Inter de Lages, participando da última campanha do acesso do clube. Seu companheiro na frente é Hyantony, de 32 anos, autor de 11 gols pelo Avenida de Santa Cruz do Sul na última segundona gaúcha. É um daqueles atletas que rodou muito no estado vizinho.

Não dá pra negar que as contratações acima dos 23 anos do time  foram bem feitas. Vieram nomes rodados que podem se juntar bem com a turma mais nova que está no clube. O Camboriú sempre entra na segundona como forte candidato ao acesso. Neste ano, não é diferente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário