sexta-feira, 21 de julho de 2017

22/07 - Figueirense 2017 = Joinville 2016?

ATROPELADO

O América-MG não tomou conhecimento do Figueirense e implantou uma vitória sonora e tranquila no Estádio Independência. O primeiro tempo alvinegro foi patético, com erros seguidos, uma confusão só (que é histórica) no setor defensivo e uma vitória do time da casa consolidada em 45 minutos. O fantasma do rebaixamento, cada vez mais presente, traz a lembrança do que aconteceu no ano passado com o Joinville, que seguiu roteiro bem parecido no ano passado (menos no Estadual, onde ficou com o vice-campeonato, despencando no Brasileiro): O Figueira está no segundo técnico, não para de trazer jogadores, e se uma reação não vier, vai aparecer outro técnico para tentar o milagre. Ainda que haja tempo mais do que suficiente pra sair dessa, a verdade é que o time não apresenta sinal claro de melhora com o passar do tempo. Um rebaixamento para a terceira divisão seria algo muito extremo, mas não seria injusto diante de uma temporada patética até agora.


SEM DESCULPAS

Não há o que Marcelo Cabo falar depois de mais uma derrota. Ele chegou recomendado ao clube pelo fato de ser o atual campeão da Série B e um bom histórico. Mas esse relacionamento com o Figueira não está dando liga. O momento é de falar pouco e trabalhar mais. Como ele mesmo disse em BH, a presença do torcedor no estádio depende de resultados.


HOJE É O TIGRE

O Criciúma tem um jogo delicado contra o ABC em casa. Sim, delicado, mesmo com o time potiguar caindo pelas tabelas, com uma série de derrotas e a saída de Geninho. É um time franco-atirador, com novo comando, que vai se jogar atrás do crime. O Tigre precisa ter cabeça para passar por essa. Precisa vencer e convencer, para chegar mais perto da turma de cima.


POR QUE NÃO?

Muitos me perguntam o porquê do Campeonato Catarinense da Série B não ter exibição na TV, como no ano passado. Apurei que o problema está com o Sindicato dos Atletas, que estaria exigindo o pagamento de direitos de Arena para aceitar as transmissões. Acontece que o acordo televisivo entre o grupo RIC e a FCF não previa nenhum tipo de remuneração, com os direitos cedidos pelos clubes em troca da exposição. Sem uma definição quanto a isso, nada de transmissões. A Record News confirmou que vai transmitir mais uma temporada do Estadual de Basquete, que por sua vez, não encontrou problemas com os direitos.


DE NOVO

A FCF cancelou o jogo Barra x Jaraguá, pela Série B do Estadual, neste final de semana. Motivo: o Jaraguá não pagou débitos pendentes com a Justiça Desportiva. Apurei que o clube pediu parcelamento das pendengas e acabou não cumprindo a promessa. É nisso que eu falo que o futebol catarinense, via SC Clubes, precisa trabalhar para não macular ainda mais a imagem do futebol em Santa Catarina: o Barra vai ganhar um 3 a 0 de graça por causa do calote de um dos seus associados.



Nenhum comentário:

Postar um comentário